domingo, 29 de junho de 2008

Bar Mexicano e Piscina Pùblica


Essa semana comemoramos o niver do Lu. Foi bem legal, um dia antes fomos no outlet e compramos umas roupinhas e um liquidificador no MediaMarket. Eu queria fazer bolo de cenoura e é impossivel fazer a minha receita infalível sem o liquidificador, dai andei a cidade toda olhando preços e o mais barato era no MediaMarket, ainda tem a vantagem de poder passar no outlet. Pena não ter mais Carrefour na Suiça, também era la perto e vendia umas coisinhas francesas que vão deixam saudades.

Por coincidência o niver do Lu caiu no mesmo dia do happy hour da empresa (todo mês tem um), então passei la pra falar 'oi' e o bolo de cenoura coberto com brigadeiro que ele levou fez o maior sucesso. Depois fomos num bar mexicano, que tem asinhas de frango e costelinha no estilo Outback, estava ótimo!

Hoje fomos na piscina pùblica aqui do bairro. Tomamos sol e brincamos na piscina. Tinha varios brasileiros e portugueses, mas não conversamos com ninguém, só ficamos lagartichando no sol. Cinco da tarde começou a ficar muito cheio e estavamos sem almoçar então voltamos pra casa.

Aqui esta bem quente. Todo dia a casa enche de bichinhos na luz e de manhã estão todos mortos no chão me esperando pra irem pro lixo...coitados...

Estou traduzindo o meu Plano de Estudo. Eu nem sabia que isso existia, mas para me inscrever em cursos por aqui preciso provar que tenho faculdade, então preciso apresentar a descrição e os livros de cada materia da faculdade para que eles comparem com a descrição da faculdade daqui e possam me aceitar. Essa tradução está sendo tragicamente divertida. Não dá pra acreditar que um professor universitário consegue escrever tanta abobrinha num papel que tem tanta importância pro aluno... Primeiro foi o trabalho pra conseguir isso: a universidade demorou mais de 30 dias pra me entregar e cobrou 80 reais. Agora eu leio e não acredito de tão mal feito. Outra novidade pra mim foi que me pediram aqui um diploma de colegial com grade numerica e notas superiores a 7. Pedi na escola em que cursei e eles não tem. Disseram que não entregam diploma pra quem se formou na época que me formei (acho que estou velha :-). Então me deram um histórico com grade alfabética... Tambem, pra que diabos esses suiços querem ver minhas notas do colegial??? Enfim, trabalho não tem faltaldo :-)

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Sardinha

Corações Godiva que o Lu trouxe - hummm

Ontem inventei de fazer torta de sardinha e na hora de abrir a lata derrubei o liquido em mim sem querer. Agora eu simplesmente não consigo tirar o cheiro da minha mente! Parece que tudo que eu como ou respiro é sardinha... Vou levar as latas no lixo e ver se o cheiro desaparece. Aqui latas, vidro e oleo são coletados separados e você tem que levar até os recipientes especificos, o daqui do bairro fica a 5 quadras daqui. Estou me sentindo uma peixaria ambulante - não tem sabão que tire esse cheiro!!! Que merdinha :-)

Semana passada não fizemos nada. O plano era dormir o final de semana todo! O Lu doente e cansado do trabalho so queria ver tv e dormir. Finalmente no domingo ele se rendeu ao calor (ta suuuper quente aqui 25°C de manhã) e fomos passear.

Fomos no centro dar uma volta e conhecer Zurique no verão. A cidade velha é legal, mas o lago estava terrivel. Estava lotado de gente tomando sol, ouvindo musica alta, bebendo e muita gente caminhando... O lago estava sujo, cheio de latinhas e pets e o tram na volta fedia 'fudume' de transpiração... Enfim, não curti!

Importante: não estou comparando com o Brasil, pq se pegar um transporte publico pra praia vai ver que fede tambem, não to dizendo que é melhor nem pior, so que eu não gostei :-)

Sobre o doente: Depois que nos mudamos pra Zurique a cada 2 ou 3 semanas passamos na farmacia com um sintoma novo... Normalmente sou eu, mas dessa vez foi o Lu. Desde Campinas quando muda o tempo o nariz dele entope, mas aqui piorou tanto que ele mal conseguia respirar, sexta ele nem estava falando direito. De acordo com a Internet ele tem rinite alergica. Agora ele esta bem melhor, tomou remedio e nem roncou essa noite :-) (ufa!)

Tenho assistido muita BBC e semana passada um programa de tecnologia recomendou esse site para se divertir, é realmente um blog engraçado: Photoshop Disasters

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Finais de semana animados

Bern, ursos e torcedores holandeses em todo canto.

Aproveitamos os ultimos finais de semana para passear comprando apenas a passagen do Lu, ja que meu ticket era valido por 30 dias. Alem de conhecermos o Lago Maggiore tambem fomos a Bern e Genève.

Com a Eurocopa rolando por aqui Bern estava laranja :-) A cidade estava dominada por holandeses animadissimos e fantasiados de leão, cenoura, xis... Estavam tão animados que faziam pose para os turistas tirarem fotos deles. Visitamos a cidade num domingo e saimos antes do jogo começar, mas a area da torcida ja estava lotadissima.

video

Aproveitei para ver monumentos que não vi da outra vez e pude entrar na catedral que estava fechada da ultima vez (era uma segunda-feira). A igreja é linda e estavam tocando o orgão gigante o que deu um clima ainda mais especial a nossa visita.

Genebra

Passamos um final de semana inteiro em Genebra. So não entramos nos museus, mas fomos até a sede das Naçoes Unidas e fizemos um tour para conhecer as instalações. Caminhamos pela orla, na cidade velha e no Parc des Eaux-Vives, onde tem um jardim de rosas maravilhoso!
Dormimos no Ibis Aeroporto, não é barato: 166 CHF, mas tem transporte gratuito do aeroporto até o hotel e tambem nos deram bilhete de transporte publico para todas as zonas para 2 dias.
O passeio a ONU é impressionante, o predio antigo, quando foi construido so era menor que o castelo de Versailles, as portas tem uns 7 metros de altura e as janelas seguem a mesma linha. Como era domingo e não havia nenhuma conferencia pudemos visitar as 3 salas. Engraçado um lugar tão grande com apenas 3 salas de convenções, mas essas salas são gigantes.

Sala onde o Yasser Arafat deu o primeiro passo para aceitação de Israel em 1988. Ele aceitou a resolução 242 do Conselho de Segurança dando abertura as negociações.

Importante: A entrada da ONU não é na Place des Nations, onde os onibus param, a entrada é no cruzamento da rua Appia com a Av de La Paix, então pegue um onibus até la , depois da visita vc desce para tirar fotos na Place des Nations com as bandeiras. Tem uma placa na guarita na Place des Nations dizendo "Entrada a 500 metros", mas são 500 metros de subida!

Genebra estava sediando o grupo A, e ontem teve Turquia x Rep Tcheca la. O clima estava otimo, os torcedores brincavam um com o time rival nas ruas, tiravam fotos juntos, cantavam. Tinha policia em todo lugar e até os torcedores tiravam fotos dos policiais, tudo muuuuuuito mais civilizado que o nosso futebol no Brasil.

Em Bern fomos no MacDonalds pra não perder muito tempo, mas em Genebra encaramos o Café Paris (novamente otimo), um chines em frente a Gare Cornavain (pessimo! Meu yakissoba era espaguete com alface) e o portugues La Matze (medio - estava muito cheio e o atendimento demorava, alem do frango assado, que era o prato principal do lugar, estar completamente sem tempero). Tentamos ir no Les Brasseurs no jantar, mas dentro a fumaça de cigarro estava insuportavel e fora não serviam todo o menu, no almoço de domingo perguntamos se estavam abertos e a garçonete respondeu a francesa (altamente mal educada e irritada com a sua presença) que não estavam abertos...

Ja em Zurique esta tudo bem, assistimos a um jogo no Juerg e eles a um aqui. A estação central esta decorada para a Eurocopa e ha uma concentração de fans do lado do lago. Cortei o cabelo numa cabelereira japonesa muito simpatica que visitou o Brasil quando era adolecente e ainda lembra algumas palavras (que saudade de pagar 35 reais pra cortar o cabelo). Essa sera minha ultima semana no curso de ingles - ainda bem pois a aula é chatissima, os alunos suiços são altamente mal educados (quando juntos rarissimamente falam em ingles comigo, mas falam de mim em alemao um com os outros e riem pra mim como se eu fosse palhaça) e a escola é mal estruturada (nem computador na sala de aula para rodar o CD do curso eles tem).
Decoração na estação central de Zurique.

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Lago Maggiore (Suiça e Italia)

Final de semana de 1 de junho.

Na Isola Bella na Italia.

Depois de tanto alemão e frances, acho que ficou faltando italiano nesse meu desbravamento pela Suiça, então decidimos passar o final de semana em Locarno.

Locarno fica bem no sul da Suiça, banhada pelo Lago Maggiore que tem mais de 50% da sua margen na Italia. O lugar é literalmente abençoado! A santa das pedras (não sei a tradução pra portugues, mas é Madonna del Sasso) apareceu onde hoje é o Santuario della Madonna del Sasso, em 1480 para um irmão franciscano chamado Bartholomeo da Ivrea. Varios pintores italianos moraram em Locarno e ha pinturas do santuario datadas do inicio do seculo passado.

Apesar de um local lindo, esta um pouco abandonado. Eu achava que como aqui na Suiça somos obrigados a pagar "imposto igreja", todas as igrejas seriam bem conservadas, mas não é bem assim. O santuario esta todo desbotando e tem uma caixa na entrada com cartaz pedindo doações para a restauração do lugar.

Caminhamos pelo cidade velha e finalmente achamos um hotel para ficar. O mais barato que encontramos foi um albergue, por 100 francos, com banheiro no corredor, chamado Vecchia. Eh, aqui hotel é caro! O lugar é super bem localizado e charmoso.

Jantamos no hotel e saimos para caminhar na orla, que tambem é linda! Da pra perceber que eu amei Locarno? Pois é, virou meu point suiço preferido! Voltamos pro bar do hotel para tomar um vinho e ouvir um casal tocando acordeon, foi magico! O predio é quadrado com um jardim no meio e varandas com grades cheias de plantas. Enquanto o casal cantava um passarinho desceu e cantou com eles, me arrepio so de lembrar de tão lindo que foi!

Domingo pela manha iriamos para Ascona, mas queriamos muito dar uma esticadinha até a Italia, então compramos um passeio até as ilhas de Madre e Bella e no final da tarde parariamos em Ascona.

Jardim de ilha Madre.

Isola Bella e Isola Madre, são 2 das 3 ilhas de Barromeo. Madre tem um jardim que nem parece Europa, cheio de arvores trazidas do mundo todo. Ha pavões, aves australianas e um casarão cheio de salas de teatro de marionete. Pelo que eu entendi as duas ilhas eram points da nobresa que iam para la assistir ao teatro, até Napoleão frequentava a Ilha Bella com sua esposa.

Jardim do castelo de Ilha Bella

Ilha Madre é impressionante, mas ilha Bella é fantasticamente impressionante. Projetada para a esposa de um dos Barromeu em 1632, a condessa Isabela D'Adda. O castelo é imenso e encravado na pedra. Ha varias salas, tambem varias marionentes como na Madre e uma area toda forrada em pedrinhas. O jardim é tão grandioso que nem da pra acreditar que existe! Tem um corredor de arvores de roma, area com limoeiros e laranjeiras, animais (foto), fontes... Enfim, é o maximo! O que mais me chamou atenção foi o misto de materiais utilizados no projeto do jardim. As estatuas possuem detalhes em ferro que eu não tinha visto antes. Para você ter uma ideia, lembra do palacio da sereia Ariel no desenho da Disney? Pois é, parece! Como se tivesse se erguido do mar, mas é no meio de um lago no meio da Europa :-)

Ambos os passeios são pagos a parte do barco: vc paga para pegar o barco e para entrar nos castelos separadamente. Não é barato, não ha desconto pro barco pois não aceitam o cartão de desconto em transporte suiço. Se não levar Euros vai sofrer com as taxas de cambio malucas calculadas na hora: 11 euros do almoço viraram 21 francos :-)

Voltamos de barco rapido, foi mais alguns francos para a reserva do assento e fomos conhecer Ascona (foto). Estavamos bem cansados e ja tinhamos enfrentados todos os climas no mesmo dia: frio do lago pela manha, super quente nas ilhas e o final de tarde estava ameno. Então não andamos muito na cidade, mas deu pra conhecer o iate clube, o clube de golf, a cidade velha, uma igreja que nem sei qual era, mas era muito bonitinha. Finalmente conseguimos parar para um sorvete, estavamos tentamos tomar sorvete desde as ilhas, mas as sorveterias não aceitavam francos... Muito manés não termos levado Euro :-)

Pegamos um onibus de Ascona até a estação de trem de Locarno. São 3 horas até Zurique, então não queriamos sair muito tarde. Pegamos um Mac pra viagem e jantamos no trem. Ufa! Foi sem duvida a suiça mais inesperavel pra gente até agora. Aqui é tudo muito quietinho. Em Locarno assim que pisamos fora do trem ficamos surpresos. Tinha gente falando alto na rua, o condutor do funicular pro santuario descia e mandava todo mundo entrar falando alto, depois mandava ficarem quietos... um outro universo!

Dicas
Link super util:
http://www.maggiore.ch/
Funicular para Santuario del Sasso: 6.60 francos por pessoa ida e volta (com tempo da para voltar andando)
Barco Locarno - Stresa - Locarno para 2 pessoas: 74 francos + 6 para voltar de barco rapido
Ingresso combinado Isola Madre e Bella: + ou - 50 francos para dois. (Não lembro o valor exato e não veio impresso no ingresso)

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Tour por Zurique e Gacier Express

De 26 a 28 de maio de 2008.

Na ultima semana so programamos o Glacier Express (album) por um dia, então aproveitamos a folga para passear em Zurich e no seu lago (album).

Depois de ver tantos lagos bonitos o lago de Zurique não tinha mais a mesma beleza que antes pra mim, então não estava muito empolgada com o passeio, mas ao nos afastarmos de Zurique as aguas ficam mais transparentes e as cidades menos cinzas, achei lindo!


No final iriamos pegar o trem de volta, mas ao chegar em Rapperwil nos surpreendemos, nem tinha lido nada sobre a cidade mas amei!! Tinha varias roseiras gigantes pelas ruas e a area em frente a prefeitura, com fonte, igreja, castelo e barzinhos é charmozissima! Ficamos caminhando pela cidade so aproveitando a vista.

A cidade velha de Zurique é um desafio até para jovens, imagine pros tios do Lu. A ladeira para subir ao Lindenhof foi dura :-) Mas para compensar no final sempre tinha um Movenpick (sorvete). Acabamos o tour no lago alimentando os cisnes.


No penultimo dia da viagem era hora de encarar o Glacier Express. O passeio é longo então optamos por fazer so a parte mais famosa, entre Brig e Chur. Saimos de Zurich cedo em direção a Brig, o trem estava lotadissimo pois ele pahra em Bern e muita gente vai pra la trabalhar de manha. Em Brig chegamos embaixo de chuva gelada e vento, estava muito frio!

Entramos no Glacier ja na hora do almoço então fomos direto ao vagão restaurante. Não tinham nos avisado que a mesa da refeição também precisava ser reservada, então demos sorte de ter uma mesa vazia, mas lembre-se disso quando for comprar seu ticket!! Cada um pediu um prato diferente e o unico bom foi o meu peixe empanado.



Achei a subida pra montanha bem divertida, depois passamos pelo Grand Canyon suiço, que é meio petit canyon :-) e chegamos a Chur. Em Chur estava super calor, tinhamos algum tempo, mas estavamos agasalhados demais para andar pela cidade.

Achei o Glacier legal, mas talvez seja mais divertido no inverno com muita neve, caso contrario a paisagem do Bernina é mais bonita.

video
Dados de Viagem
Glacier Express: Não compramos ticket por conta do Swiss Pass, mas pagamos 30 francos por pessoa para reservar o assento no vagão panoramico.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Final de Semana Golden

De 23 a 25 de maio de 2008.


No ultimo final de semana da viagem a meta era conhecer Geneva, Lausanne, Montreux, Gruyerer, Gstaad e ainda pegar o Golden Pass.

Sexta-feira saimos muito tarde para Genebra e chegamos la 3 da tarde. Almoçamos no Café Paris (av Mont Blanc, perto da estação central). Esse restaurante so tem 1 prato o Entrecote Café Paris (40 francos) que é copiado por outros restaurantes, mas so la tem o original. Eu gostei muito, mas pra quem tem problema de colesterol ou não gosta de pimenta do reino melhor não encarar pois a carne vem em cima de uma pasta de manteiga com ervas e bastante pimenta do reino verde...humm otimo!
Genéve

Eu vi pela internet que havia um tour de onibus pela cidade, mas no escritorio de turismo me informaram que o ultimo ja tinha saido e a unica opção seria pegar um trenzinho que dava volta na cidade velha e na universidade e so. Então encaramos. Achei Genebra muito bonita, não deu pra ir até o jato d'agua nem ver todos os pontos com calma, mas foi bom mesmo assim. No final pegamos um onibus e fomos tirar fotos em frente a ONU. (foto: cadeira gigante comemorativa do tratado anti minas terrestres)

Encontramos o Lu na estação ferroviaria de Lausanne. A ideia era conhecer a cidade, mas estavam cansados e fomos para o Hotel. Ficamos no Ibis. Jantamos por la mesmo. Achei que no final o barato saiu caro pq o Ibis é sem duvida a opção mais barata com banheiro no quarto, mas esse de Lausanne não fica bem em Lausanne e vc tem que pegar um trem + um onibus + uma caminhada pra chegar e de taxi sai quase 40 francos por corrida, entao no final vc adiciona na diaria de 94 + 80 de taxi por dia ou vem com tempo para ficar pulando de transporte em transporte até chegar nas atrações.

Sabado fomos para Gruyere de manha. A tarde "conhecemos" Montreux - na verdade so fizemos um tour de taxi até o Chateu de Chilon e voltamos para pegar o barco pra Lausanne, não andamos nem 100 metros da orla, então vamos ter que voltar la outra hora pra conhecer com calma pois a cidade me pareceu muito legal.

Gruyeres é bem bonitinha, mas o esforço pra chegar la não vale a pena. A cidade fica no alto de uma montanha e a estação em baixo, vc pega um onibus na estação que te leva até a cidade, mas fora da alta temporada ha poucos onibus e teriamos que ficar + de 1 hora esperando olhando pra cidade la em cima, entao chamamos um taxi e fomos conhecer. Demos uma voltinha na cidade, olhamos o castelo de fora (bem bonito) e almoçamos um almoço 'caro e pouco'. Na alta temporada deve ser mais facil. O mais legal do passeio é o trem que leva até la, velho e pahra toda hora pra pegar gente no caminho, muito interessante. (foto da fabrica de queijo ao lado da estação de trem)

Chateu de Chilon

Pegamos o barco em Montreux para Lausane. Imaginei que o lago Leman fosse o mais lindo de todos, mas não me encantou. Achei os outros lagos que visitamos durante a semana, em Lucerne e Thun, muito mais bonitos. Chegamos em Lausanne caia a maior chuva, resultado: fomos pro hotel... Lausanne não queria ser descoberta pela gente mesmo :-)

No domingo madrugamos para pegar o Golden Pass até Gstaad (foto). O passeio é muito igual ao que é feito para Gruyeres: montanha, vaquinhas, casinhas e alguns vinhedos. Gstaad é uma cidade para esporte, de inverno e verão, então não tinha nada aberto. Almoçamos e adiantamos nossa partida para Zweisimmen (ponto de troca de trens do Golden Pass) Esperamos quase uma hora em Zweisimmen tomando cha num hotel em frente a estação e pegamos o Golden Pass para Lucerne. Adorei a vista ao redor do lago de Brienz e do caminho de Brienz até Lucerne. Ha varios pequenos lagos e grandes montanhas, bem mais bonito do que outros trechos do Golden Pass mais divulgados.

Ufa, final de semana corrido, mas deu pra fazer um overview bom!


video
Na estação de trem de Lausanne.

domingo, 1 de junho de 2008

Mais Suiça

De 19 a 22 de maio de 2008Durante a semana os tios do Lu e eu fizemos passeios curtos, para poder voltar e jantar com o Lu. Fomos a Bern, Intelaken, Lago de Thun, Basel e Neuchatel.

Bern

Bern é linda, as ruas da cidade velha são cheias de fontes super trabalhadas, a catedral é um show - as portas tem tantos detalhes que da pra passar horas olhando e as pontes sobre o rio Aare (com aguas bem verdes) sao muito romanticas. No inicio da cidade velha tem relogios datados de 1191 (poe velho nisso), no final as casas seguem o formato das ruas, parecem que fazem curvas. Depois da ponte uma surpresa: dois ursos dentro de um buraco. Estavam dando frutinhas pra eles que pareciam de brinquedo de tal simpaticos. Estava tendo feira na Barenplatz, aproveitei pra provar um queijo, mas não consigo entender o nome das comidas aqui, muito "tchuvass" :-)

Para ir a Interlaken pegamos um trem até Thun e de la um barco. Optamos pela opção de meio dia, assim almoçariamos durante o passeio.Pegamos o Berner Oberland, que é um barco muito bonito.



Oberhofen no Lago Thun
O barco fez varias paradas dentro do Lago Thun, estava meio nublado então não dava para ver o topo das montanhas, mas foi bom poder focar nas casinhas, barquinhos de pescadores, castelos... Achei o Oberhofen (castelo do seculo 12) muito bonito. Eh como voltar no tempo. Foi o passeio de barco mais completo que fizemos, com interior (do barco) e exterior (o lago) lindos.
Intelaken
Em Intelaken pegamos uma charrete para o tour (não va! custa caro e o charreteiro não para pra fotos nem é simpatico) Depois passeamos nas lojas para os tios do Lu abastecerem o estoque de lembrancinhas e chocolates. Tambem visitamos o hotel Vitoria (chiquerrimo). Achei Interlaken turistica demais, muitos asiaticos comprando e comprando... Estavam descendo de parapente em frente ao hotel e ficamos assistindo sentados no hotel.
Prefeitura de Basel
Basel é cosmopolitam demais. Cheia de gente nas ruas e achei a cidade meio suja (no limite que uma cidade suiça consegue ser suja :-) A prefeitura é linda mesmo, sou suspeita pois adoro predio vermelho e ela é toda vermelha cheia de pequenos detalhes. Não fizemos muito, so caminhamos um pouco. Estavam todos cansados e ainda tinha estrada para chegar a Neuchatel que conhecemos no mesmo dia.
Neuchatel
A visita a Neuchatel não valeu. Vou ter que ir novamente para conseguir visitar o castelo. Os tios do Lu não conseguiam andar e o taxista queria 50 francos para leva-los num tour pela cidade, então pegamos o onibus, mas como não tinha planejado nada de transporte publico numa cidade tao pequena acabei peguando o onibus errado. Voltamos para pegar outro onibus e a tia do Lu resolvel tentar abrir a porta do onibus no meio da rua, me deixando nervosa (coisa de brasileiro acostumado com as regalias que temos no Brasil :-) Então so andamos um pouco na orla e voltamos pra Zurich. Achei ambas as viagens estressantes (Basel e Neuchatel). Nem sempre da pra passear na Europa sem caminhar, as pessoas aqui são muito ativas e mesmo idosas ainda encaram subir uma montanha por uma bela vista...

Saldo positivissimo, 4 dias, 4 cidades, 1 lago e muitos sorvetes.