terça-feira, 29 de setembro de 2009

Bebe de Proveta na Suiça - Nossa Agenda

Até aqui o blog foi sobre minha vida fora do Brasil e as viagens por aqui, agora vou acrescentar uma novo tipo de post, pra acompanhar nossa batalha pra ter um bebe.

Semana passada não consegui escrever um post sobre a semana porque so conseguia pensar na inseminação artificial que faremos em breve, pelo menos eu pensava que seria em breve. Eh tão dificil entender todas as explicações dos medicos e toda a lentidão suiça. Foram muitos meses desde o primeiro contato com o medico até marcamos a data da inseminação, no Brasil isso não passa de 2 ou 3 meses: um pros exames e outro pra inseminação.

Em setembro do ano passado comecei a procurar medico aqui, liguei pra 2 clinicas, uma so teria disponibilidade pra janeiro e outra era pra eu ligar marcando em janeiro. Então resolvi seguir o caminho do seguro saude. Marquei minha consulta no HMO (clinica que atende o tipo de seguro saude que temos). Como era a primeira consulta tive que esperar 3 meses pra ser atendida.

Na consulta eu avisei a medica que queria ser encaminhada para uma clinica de fertilização in vitro. Para que o seguro cubra algum custo você tem que ter o encaminhamento da medica(o) do HMO.

O Lu seguiu o mesmo caminho, mas teve que esperar menos por cada consulta, primeio no HMO e depois no especialista. O seguro cobriu todo o tratamento dele, ja que o HMO foi quem indicou.

A medica disse que pra me encaminhar pra uma clinica precisava saber se eu estava ovulando corretamente. Isso é bem facil de verificar via ultrassom, mas pelo que eu entendi esse tipo de clinica tenta evitar custos. Então tive que medir minha temperatura por 3 meses pra ela ver que estava ovulando corretamente. Voltei na medica em abril e ela avaliou que minha ovulação esta normal, então me encaminhou pra clinica. Novamente: primeira consulta você tem que entrar numa fila de espera. Fomos agendados pra Agosto.

Na consulta o medico falou muito pausadamente pra que entendessemos tudo. Leu nossos exames, que ja tinham sido encaminhados pelos medicos meu e do Lu e explicou que o seguro saude cobriria as 3 primeiras tentativas, do tipo que o medico injeta o esmerma bem perto do ovulo para encurtar o caminho. Mas não cobriria nada mais. Os custos ficariam entre 6 e 7 mil francos e precisariamos de 1 ciclo de teste antes da inseminação.

Ja fizemos essas inseminações com a injeção de esperma no Brasil e nossa chance de engravidar por esse processo é de 2%. Não vale a pena eu me empanturrar de hormonios pra uma chance tão baixa de engravidar. Dessa forma optamos por fazer uma ICSI, onde o ovulo é retirado e o um espermatozoide é injetado dentro do ovulo. O ovulo fecundado sera devolvido depois de dois dias de maturação no laboratorio.

ICSI é um processo mais novo que a in vitro. Na in vitro os espermatozoides tem que achar o ovulo sozinhos no tubo de ensaio, nesse a seleção do espermatozoide é feita pelo medico. As chances de engravidarmos com esse processo é de 50% na primeira tentativa e 30% nas demais, de acordo com o nosso medico. E de 25% de termos gemeos.

As instruções foram: ligar pra clinica no primeiro dia do ciclo. Liguei. Marcaram um exame de sangue. No dia do exame marcamos mais uma consulta. Dessa vez era pra olhar meu utero por dentro e mapear como os ovulos seriam retirados, esperamos meu periodo fertil e fizemos. Tudo otimo: ovulos, utero e exame de sangue.

Proximas instruções: Ligar no proximo ciclo. Liguei. A secretaria disse que me enviaria um cronograma pelo correio e eu passei os ultimos 10 dias sofrendo a espera desse cronograma que finalmente chegou ontem.

Recebi um envelope com dois cronogramas, uma receita, uma conta de 5 mil francos e um formulario do anestesista pra ser preenchido até a proxima consulta.

O primeiro cronograma detalha os remedios e dias que terei que toma-los. Começo a tomar um regulador de ciclo por 21 dias e um antibiotico por 10 dias. Daqui 30 dias tenho mais uma consulta, o cronograma traz o horario e o nome do remedio que sera aplicado (Zoladex). E finalmente dia 5/11 começo o acompanhamento dos foliculos pra ver que tamanho eles estão (isso ja é o segundo cronograma). Nesse plano a inseminação sera depois do dia 13/11.

Isso significa que vou passar dois meses esperando. So vou saber se deu certo na semana de 23 de novembro!!

O medico disse que o objetivo é tirar 10 ovulos e congelar os que não usarmos para tentar novamente no futuro (o congelamento ja esta incluido no 5 mil francos que pagamos). Eu so penso que numa TPM de um ovulo ja é dificil me aturar, numa com 10 vai ser impossivel! Coitado do mundo, mas principalmente coitado do Lu.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Simplicidade e Cores em Burano


Não da pra escolher uma foto ou um momento da visita a Burano que eu tenha gostado mais. Tudo naquela ilhazinha cheia de pescadores e senhoras sorridentes é perfeito. Quando chegamos a nossa primeirissima reação foi: Queremos morar aqui!!

Foi mais de uma hora no barco, passando por ilhas menores e ruinas. Da pra ir com o mesmo ticket que você compra para andar de vaporeto.

Eu queria ir num restaurante na ilha, chamado Trattoria da Romano. Reservamos uma mesa pra area externa e aproveitamos o restaurante mais caro da nossa vida.
Essa foi minha entrada, acabei o almoço rindo a toa de tanto proseco. Engraçado foi eu perguntando com a cara vermelha se tinha tiramissu sem rum :)

Pare nesse restaurante, nem que seja so para um café e aproveita pra ir até o banheiro, no caminho olhe pras paredes, tem varias fotos e quadros legais.


Estava tendo um casamento e a cidade estava toda decorada, o caminho da noiva até a igreja tinha papel branco no chão, tinha cartazes com a foto do noivo escrito 'Procurado', faixas e fitas por todo canto. Muito gracinha!!








No retorno paramos em Murano, a ilha onde o segredo da produção de vidro foi guardado durante anos, hoje em dia não é mais segredo e a ilha é lotada de vidros produzidos na China. Caminhando um pouco você aprende a reconhecer, vidro de murano é unico, não tem em toda loja igual e um copo não custa menos que 30 euros, então se você achar algo mais barato desconfie, pergunte quem foi o artista que fez.


Na loja em que compramos nossa lampada (isso mesmo trouxemos uma lampada linda de lembrança da viagem) cada peça vinha com o nome do artista que o fez. Mas escolhemos comprar em Veneza, onde tem mais turista e o guia dizia ser mais bom negocio.

As fotos ao lado são de Murano, mistura esculturas de vidros com uma cidade antiga.



Fotos de Burano:














Ciau Venezia


Chegamos exaustos em Veneza, ja era mais de 10 da noite, foram mais de 6 horas em 3 trens lotados e em todos tivemos problemas com a reserva do assento. Mas bastou descer a escadaria da estação pra entrar no clima de turistas entusiasmados.

Basicamente como todo mundo que chega la, tivemos que pegar um vaporeto, descer na estação mais proxima do hotel e caminhar. Ainda bem que era so uma mala, pois a cidade é cheia de escadas.

Tentei varios hoteis 3 estrelas ou albergues sugeridos no guia, mas estavam todos lotados, então pegamos a opção mais barata que achamos no site Bookings.com e demos muita sorte. O hotel fica ao lado da praça São Marcos, a praça mais famosa de Veneza. Então deixamos as malas e fomos dar nossa primeira volta na praça. Alias foram muitas passadas por essa praça em dois dias e meio.

A cidade é mal iluminada, mas a praça é bem viva, tem restaurantes e shopping ocupando lugar do que antigamente eram prédios do governo de Veneza. Funcionam durante parte da noite também. Não sentamos nenhuma vez nesses restaurantes da praça, resolvemos pegar um sorvete no balcão pra fugir da taxa que você paga para sentar nas mesas.

Eu adoro corredores longos, com piso mosaico e arcos. Olha a foto!

Abaixo é o palacio Ducale e o restante da praça. Tiramos mais de 600 fotos, então tentei escolher algumas mais documentativas do que artisticas, pra consegurir mostrar como a cidade realmente é. Nessas abaixo da pra ver o mar de gente, as mesas e os arcos. Clica na foto pra ampliar, é cheio de detalhes. Muito bonito mesmo.




Olha que chique o Lu passeando de chapeu italiano pela praça.





Dessa vez, como tinhamos pouco tempo, evitamos museus, mas não deixamos de fazer a visita guiada na basilica de São Marcos.


Essa figura ao lado foi nossa guia. Ela foi otima!


A igueja é muito especial, em teoria é tumulo de São Marco, mas não ha prova de que aquele homem enterrado la é mesmo ele. Ele morreu no Egito e a historia conta que pro corpo ser trazido, teve que ser escondido em um bau cheio de carne de porco.


Não ha janelas na parte inferior da igreja, somente no topo. Acreditava-se que a luz era divina e pura. Durante a missa os homens ficavam no terreo e as mulheres em corredores do primeiro piso. Demorou 300 anos para concluir a igreja que foi construida em tijolos e é praticamente inteira coberta com mosaicos de vidros produzidos na propria ilha e de marmore roubados. Se quiser ir na missa tem que madrugar, as portas são abertas as 5:30 e fecham as 6 da matina, a missa é em italiano. As 9:45 a igreja é aberta pra visita. Tem estudo biblico gratuito de hora em hora, pra entender os mosaicos. Preste atenção que do lado esquerdo de quem entra esta o mal, e do direito o bem.



Pra conseguir ver a luz refletir no mosaicos e o teto ganhar vida em ouro,visite a igreja entre 11:30 e 12:30, pois é o unico horario em que as luzes são acessas. Estavamos na igreja as 11:30, quando a luz começou a ser acendida e é lindo!! Eles ligam parte por parte e quando tudo clarei vc pensa, que bom que eu to aqui! Pronto! Ja passei por um ceu de ouro!!


Ao lado eu e o leão de Veneza. São dois pilares, um com o leão e o outro com um crocodilo sendo capturado. Eram a entrada da cidade antes de Napoleão e é onde os prisioneiros eram enforcados. Novamente aqui pra quem chega, da direita o 'bem' (o leão) e do esquerdo o 'mal' (o crocodilo).


Ponte de Rialto, era a unica ligação entre um lado da cidade e outro. Hoje é cheia de turistas e lojas vendendo vidros da china ou bordados de taiwan, mas tudo com escrito made in Italy :)


Passamos pelo correio pra colocar alguns postais, fica ao lado da ponte. Tinha uma porta aberta e fomos dar uma olhada. Tiramos a foto e la vem uma italiana baixinha bufando la de dentro e bateu a porta com força pra fechar. Eh muito engraçado ver italiano bravo. Eles sentem necessidade de expressar corporalmente, com braço, boca cheia de ar e pisando firme no chão, mas essa foi mais legal ainda pois era baixinha e fofinha, então não conseguimos estressar, demos risada e continuamos o passeio.


Se tiver oportunidade entre no correio, o predio é amarelo barro e parece que parou no tempo.


No sabado pela manha fomos até a feira. Em Veneza chama-se mercato Rialto, pois fica proximo a ponte. Em ingles é Fishmarket. Acho que em toda cidade do Brasil tem um, pode ser que não com esses ingredientes, mas é a nossa feira de domingo ou de quarta ou de sei la quando é na sua cidade :)









Apesar de ser igual aos nossos é interessante ver os frutos do mar, tem uns que a gente não conhecia e foi bom ler os nomes dos ingredientes que comeriamos depois. Foi assim que soubemos o que estavamos comendo.


Na feira tem de tudo um pouco e ao redor é cheio de lojas.

Estivemos em otimos restaurantes e aproveitamos pra provar um prato que parece pixe. Eh lula em molho de lula, é preto e deixa a boca por fora e dentro preta!! Apesar de estranho achamos delicioso.




Andamos por varios lugares e ilhas. Eh uma delicia entrar em rua sem saida em Veneza (e são muitas!), sempre tem uma janela esperando pra ser fotografada. Então evitei usar o mapa, so o usei mesmo para achar os restaurantes que queria ir. Alias é bom sair um pouco do eixo turista pra comer.Aparentemente a unica gondoleira mulher que existe é essa ai e so a vimos trabalhando em equipe, não sozinha.


Eu não sou muito fã de barco, enjoo facil e de sabado pra domingo nem consegui dormir. O quarto rodava demais, por eu ter andado no vaporeto. Então optamos por não fazer o passeio de gondola de meia hora. Pensamos ok, talvez so dar uma volta, mas assim que eu me aproximei da gondola meu estomago embrulhou e não consegui nem olhar pro canal, por isso não rolou. Fiz dois videos com a gondola, um no canal em Canareggio e um da sacada do nosso quarto. Não achei nada romantico:


video






video





Dicas de Viagem



Hotel Lisbona
A localização é otima e os funcionarios prestativos. Não tem elevador e as escadas são de matar! A area do café so tem 5 pequenas mesas. A maior desvantagem é o banheiro, é tão pequeno que era dificil tomar banho, não dava pra virar dentro do box!!!


Alla Vedova


Perfeito para almoço. Os pratos são de tamanho adequado, então da pra pedir 2 pratos. Pedimos lazanha e eu fui de polvo picante e o lu de lula em molho de tinda de lula. Os dois estavam otimos! O preço é medio.


Antica Birreria La Corte

Esse restaurante é bom pra almoço e jantar, muito agradavel e com otimos preços. Os pratos são fartos, então tente se limitar a um prato so. Tbem tem uma pizzaria funcionando no mesmo lugar. Olha o Lu sofrendo pra acabar o segundo prato dele, espaguete com lagosta, e dessa vez tinhamos pedido 3 pratos cada um!! Pela primeira vez na vida tivemos que cancelar, pois era muita comida.


domingo, 6 de setembro de 2009

Universität

Pessoal correndo ao redor do lago na Universidade de Zurique.


Finalmente começou a esfriar por aqui. Eu estava com saudades de usar roupa de frio.

A universidade de Zurique tem varios campus e um deles é aqui perto de casa. Então sabado aproveitamos o sol da manha pra dar um volta por la.

Eh cheio de areas para pick-nicks e lugares pra sentar. Como essa ponte que sentamos para tirar fotos com os patos.

Pra quem mora em Zurique e quiser ir la é so pegar o bonde até a parada Milchbuck ou Irchel.


A arquitetura dos predios são bem parecidas com essa ai, do museu que fica dentro da universidade. Tem muito vidro e concreto.

Não podia faltar uma vaca, simbolo da Suiça ela esta em todas, até pra universidade foi!!

Essa é a entrada pro estacionamento, olha isso!!! Parece shopping center!

Fotos da Semana
As plantinhas aqui de casa estão festejando. A giboia (essa ai do lado) não para de crescer. Troquei o vaso dela por um maior e ela parece estar agradecendo com uma muda depois da outra, daqui a pouco vai dominar a estante toda.
As rosas também abriram todas, normalmente uma morre antes de abrir, mas essa semana todas se salvaram e olha que estavam em promoção!