quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Mais Uma

Em abril meu período não veio e fiz um teste de gravidez que deu positivo, não acreditei pois não sentia sintoma nenhum e engravidar sem inseminação seria muito milagre. Fomos no médico e ele confirmou que eu tinha ficado gravida sim, mas o bebe não desenvolveu. Ficamos felizes em ter engravidado sem inseminação, mas tristes por ter mais uma perda num período tão curto.

Depois de fazer a curetagem o médico me perguntou se eu queria fazer mais uma bateria de exames. Ele achou estranho as duas gestações serem interrompidas no mesmo período e quis ir mais a fundo. Retirei umas 5 ou mais ampolas de sangue e o resultado é que tenho um numero de anticorpus de reumatismo elevado e que isso pode ser a causa dos abortos. É como se o sangue fosse grosso demais pra passar pelo bebe e ele sem sangue não sobrevive. Não tem um tratamento pois não é uma doença, ter anticorpus é ter a doença geneticamente, ela pode ou não desenvolver. Então a solução é tomar uma injeção para "afinar" meu sangue durante a gravidez. Lembram que na ultima inseminação eu tomei Aspirina 100? Pois é, o ginecologista disse que não é suficiente pra mim, preciso de algo mais forte.

Essa semana comecei o tratamento para mais uma inseminação. São 5 dias com duas doses de hormonio por dia. O terceiro dia eu passei vomitando e trancada no quarto escuro. Esses hormonios que estou tomando fazem meus olhos ficarem sensiveis a luz e é só sair no quintal pra começar a sentir dor de cabeça. Hoje já é o ultimo dia e meu corpo parece ter se acostumado. Semana que vem farei um ultrassom pra avaliar se os hormonios deram o resultado esperado e agendaremos a inseminação.

Um comentário:

Erika disse...

Vi, estamos aqui torcendo por vcs. Muita forca e muita energia positiva.

Aguenta firme que a recompensa vai chegar logo, tenho certeza.

Bjo grande!
Erika