domingo, 9 de dezembro de 2007

Bruges

Domingo, 9 de dezembro de 2007.

Desde que chegamos a Lille todos dizem que precisamos ir até Bruges na Belgica, que é perto e é lindo, mas eu - muito teimosa - queria ir em Dezembro para ver as luzes de natal, pois vi umas fotos na internet e queria ver pessoalmente. Então tudo programado: o Lu comprou as passagens e eu fiz o roteiro, a previsão do tempo era de chuva então um guarda-chuva foi incluso na lista de itens da minha bolsa.

O Jeffrey e o Austin ja estavam na estaçao animados para o passeio quando chegamos la as 7h40 da madrugada - como esse mês tem modulos seguidos em Lille ambos passaram o final de semana aqui, um da China e outro dos EUA. Nao tem trem direto, Lille - Bruges, precisariamos trocar no meio do caminho. O primeiro trem atrasou 15 minutos e por algum motivo que não sabiamos qual não perdemos o 2 trem, que também estava atrasado alguns minutos. Entramos e o Austin perguntou se era o trem pra Bruges, uma senhora muito simpatica nos disse que era sim, mas que estava atrasado por causa da greve - opa, pera ai, que greve? Ninguem tinha nos informado nada, mas o transporte ferroviario na Belgica estava em greve - tamo ficando craque em viajar no dia da greve... Perguntamos em Bruges ao chegar o horario do trem para voltar, se iria ter algum e nos disseram pra estar la de volta as 3h30 que talvez tivesse um nesse horario, mas não sabiam ainda.

O dia em Bruges estava lindo, nada de nuvens de chuva e agradecemos precipitadamente o fato da previsão estar errada. Tava acontecendo uma exposição de esculturas de gelo e pagamos pra ver (literalmente 11 euros). Dentro do lugar é muito muito frio, mas as esculturas estavam super legais, tinha cinema de gelo, escorregador, bar, navio, cadeia... tudo muito legal.

Passeamos pela cidade que realmente é linda, tudo antigo e bem cuidado, muita coisa aqui é de antes do Brasil ser descoberto e tà aqui ainda, intacta. Amei!! O canal cheira um pouco mal, mas a quantidade de lojas de chocolate fazem você associar a cidade ao cheiro do chocolate. Tinha lido que o melhor chocolate da Belgica é fabricado em Bruges, entao a primeira loja de chocolates que vi fui logo entrando - Gente, é bom mesmo! Nossa, lembro gostinho de cada mordida..ai ai...

Almoçamos num restaurante na Grand Place - comida ruim! vinho vagaba! caro pra burro! Proxima vez fico nos paninis ou fast foods. A unica comida salgada que eu gostei da Belgica até agora foram as batatas fritas - vai ver que viver na França tà me deixando mais exigente nesse item...

Saimos do restaurante estava começando a chover, não demorou muito e caiu um temporal, apelamos para os city tours em onubus 'panoramicos' (que de panoramico não tem muito). Pelo menos assim pudemos olhar a cidade toda, gostei bastante dos moinhos. Eu não sabia, mas eles eram usados para fabricar farinha para produzir pães. O city tour acabou 3h10. OK, tinhamos 20 minutos para encher uma sacola com chocolate e chegar a estação de trem.

Voltamos pra loja que mais gostei - sim testei mais de uma :-). Adorei o Leonidas, so que estava tao lotada que não fui tao bem atendida como da primeira vez e não consegui comprar tudo que eu queria. Saimos voando pra estaçao, se perdessemos o trem teriamos que achar um local pra dormir, pois eu ja tinha procurado pela internet durante o planejamento da viagem e estavam todos lotados. No caminho caiu uma chuva tao forte, tanto vento, mas tanto vento e para chegar tinhamos que atravessar um parque - foi dureza! O guarda-chuva até que ajudou, mas com o vento minha calça jeans ficou molhaderrima, tava congelando!

Advinha!? Claro que não tinha trem 3h30. E os carinhas da "Informações" não davam informação pois estavam em greve... Tentamos tomar um café e estava tudo tão lotado que não conseguimos a tempo, nosso trem apareceu no telão e fomos em bora sem o cafe - rolou um stress pois tinhamos acabado de pedir o cafe e cancelamos, o garçon reclamou, gritou com a gente, viramos as costas e fomos embora sem pagar. Na estação seguinte foi a mesma coisa, não tem trem, mas se tiver vai aparecer no painel no momento do embarque - pedimos o cafe e o trem apareceu no painel, pelo menos deu tempo de engoli-lo, pois o trem atrasou 30 minutos.

Não foi nada como planejado, mas valeu a pena. Bruges é linda! Da vontade voltar para um final de semana completo, pois a cidade é especial! Cada esquina que eu virava pensava como as pessoas dessa cidade são sortudas de morar num lugar tao historicamente importante e romanticamente lindo!

---------------------------------

COMO CHEGAR: Nos guias que li o caminho mais facil para Bruges é partindo de Bruxelas ou de alguma cidade grande dentro da Belgica, no mais tem que trocar de trem uma ou mais vezes, por isso não consegui comprar meu bilhete pela web, tive que ir na estação e comprar pessoalmente. No site da cidade tem algumas informações http://www.bruges.be/

TREM: SNCB, não deixe de buscar noticias por 'Belgian train strike' antes de decidir o dia da viagem!

PREVISÃO DO TEMPO: http://www.weathercam.be/

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi Vivian!
Adorei seu texto sobre Bruges...estou indo para lá em dezembro. Será que vou congelar??!
Queria aproveitar e tirar uma dúvida contigo, como faço para comprar bilhete de trem de Bruxelas para Bruges,não estou conseguindo...rs!
Obrigada. Bjs. Marcela

Vivian Teixeira disse...

Oi Marcela,
Que bom que gostou do post.
Eu acrescentei mais um link no post pro site de transporte belga.
Obrigada por usar o blog!
Bjos
Vivian

I LOVE YOU disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.