quarta-feira, 23 de julho de 2008

Cracovia


Esqueci de contar que na quarta-feira no caminho pro hotel passei na estação de trem pra comprar um bilhete pra Cracovia.

Peguei o trem pra Budapeste com parada em Cracovia. O trem é lento e apertadinho, são 6 por cabine com os joelhos batendo um no outro, mas tive sorte, peguei o trem das 9 horas e estava bem vazio. Na minha cabine so tinha um americano mochileiro que não estava a fim de papo.

Usei as 3 horas de viagem pra planejar o trajeto, anotei num papel as ruas que tinha que pegar, onde parar e onde entrar. Cheguei em Cracovia as 12 e fui direto pros pontos turisticos.

Visitei o Barbican, o portal e entrei no museu pra ver a tal pintura de Leonardo Da Vinci. Não achei tão especial não.

Continuei caminhando e cheguei na praça central da cidade (olha o video):

video

A igreja de Santa Virgem Maria é linda! O teto é suuuper alto e azul com estrelinhas brancas e bordas douradas. O piso tambem é azul com pequenos quadrados brancos e as paredes são inteiramente trabalhadas. Infelizmente tinha uma placa de todo tamanho proibindo fotografia ou filmagem e para andar no corredor central da igreja você tinha que pagar.

Eu estava sozinha, tudo que eu via queria fotografar pra poder mostrar pro Lu a noite e em todo canto tinha placas com proibição de cameras... muita frescura!

Durante o periodo colonia Cracovia pertencia a Austria, que foi menos ditadora que a Alemanha e Russia, então muitos predios em Cracovia ainda são do periodo medieval. Esta tudo muito bem conservado e nem parece tão velho.

No centro da praça tem um paredão com restaurantes e artesanatos, é um otimo lugar pra comprar lembrancinha, pois eles disputam o preço então um postal que custa 4 zlots numa banca, pode custar 0,8 na outra, é so pesquisar que da pra comprar presentes sem gastar muito!

No lado externo tem uma loja de artesanato que me deixou doida. Eles vendem artesanato de verdade, não lembrancinha de quilo. Tinha uma coleção de santos e anjos esculpidos a mão que eu queria muuuuito, mas tava + ou - 400 reais uma santa. Muito caro! Tinha tambem pinturas em vidro, bem tipicos daqui... Amei a loja, mas não consegui comprar nada...

Aqui não deve ter muitos defensores dos animais pois ha comercio de peles em todo canto. E tinha varias pessoas comprando.

Continuei minha caminhada pela cidade, visitei a casa dos bispos, onde o papa João Paulo II morou quando era bisto e onde ele ficava quando ia visitar a cidade. Tinha uma exposição de fotos com a historia do papa, muito legal. Tambem tem uma estatua no meio do jardim cheia de flores e velas no chão e tinha gente resando na estatua. O local estava em reforma, mas achei muito legal mesmo assim. Passei pela igreja franciscana com os anjos de metal no jardim e segui pro castelo.
Parte da Catedral do Castelo de Wawel

O castelo é outra frescura, você so pode tirar fotos fora do castelo e o passeio dentro é guiado e competido, então so tinham vaga pras 4 da tarde. Se eu fosse teria que acabar o passeio e correr pra estação sem ver mais da cidade. Então decidi visitar a exposição de reliquias encontradas na escavação do castelo, eram paredes, ossos e alguma prataria, mas novamente as salas tinham 1 ou 2 seguranças proibindo o uso de maquina fotografica... Queria ver o osso de dinossauro na parede da catedral do castelo e deu pra ver da porta mesmo, entao não precisei pagar esse. Se quisesse ver o altar teria que pagar...

Sai do castelo pela Caverna do Dragão. Mais uma do meu guia, a escultura do dragão em bronze que solta fogo que eu queria ver fica na rua, não precisa pagar pra ver, mas pra sair pela caverna precisa. Enfim, paguei a toa.

Voltei pra cidade, passei na igreja de São Paulo e São Pedro. Tinha um casamento rolando então não pude entrar.

Parei no macdonalds pra um sanduiche rapido, tinha um menu novo e eu perguntei se era de vaca ou de frango e a menina não sabia responder, um garoto da fila que falava polones veio ajudar. Conversaram um pouco, outra atendente veio pra explicar, tudo em polones. Estava engraçado. No final o garoto falou 'Não sei explicar, mas não é frango nem de boi'. Ok! Vou querer um desse. Ainda bem que não sou alergica pois era camarão.

Achei uma loja de vidros e comprei uns copos de vodka. Dei mais uma volta na praça e voltei pra estação.

Proximo a estação tem um shopping center, parei la pra pegar um sanduiche pra viagem. Fiz bem , meu trem atrasou e chegou 40 minutos depois do planejado, acabei comendo o sanduiche no caminho. Ah, achei que o lanche era de queijo, mas era de ovo cozido... nunca vi... hoje foi o dia dos sanduiches misteriosos...

Em 1920 um grupo de hindus visitando Cracovia sentiu uma energia muito forte vindo de uma igreja localizada dentro do castelo de Wawel, igreja de St Geronimo, eles concluiram que era um dos Chacras da terra, mais precisamenteo o Chacra Jupter (Delhi = Lua; Delphi = Venus; Jerusalem = Sol; Mecca = Mercurio; Roma = Marte e Velehrad = Saturno). A igreja começou a atrair multidões de hindus. Então o administrador do castelo e o governo local refizeram o mapa do castelo e esconderam a igreja. Os funcionarios são instruidos pra dizer que não sabem do que se trata e nem com o pedido formal do primeiro ministro da India para abrir o local eles não abriram! Eu disse que esse castelo era a maior frescura!

Parte da historia do chacra ta no meu guia e parte ouvi de um historiador e jornalista que voltou comigo de Cracovia pra Varsovia no trem. Esse senhor foi muito simpatico, me deu a dica do filme no museu de historia de varsovia, me contou sobre Lodz e ainda me deu o endereço de um restaurante muito especial que visitei com o Lu no domingo (vai ter que ler o blog de domingo pra saber :-)

Notei em Cracovia que as pessoas perdem a paciencia muito facil. Estava numa loja olhando pratos de vidro pintados e tinha uns posters em promoção. Uma senhorinha pediu pra moça explicar como era feita a pintura no poster, pq ela queria algo especial, que não fosse so uma fotografia pintada por cima, palavras dela, então a menina respondeu que o nome da obra era Xis (não lembro) e que ela não podia explicar como era feito pq ela vendia, quem fazia era o artista. Depois disso toda vez que a senhora perguntava algo as atendentes se olhavam e faziam cara de desprezo inconformadas com a senhora curiosa... Outra foi comigo, entrei numa loja de vodka e queria comprar uma pro Lu, mas não entendo nada disso então pedi uma que fosse especial, que não vendessem em supermercado. A menina ficou brava, disse que ela não sabia pq não ia no supermercado! Sai sem comprar...

No saldo final a viagem pra Cracovia foi muito boa, 3 horas pra ir, quase 4 pra voltar e so fiquei 5 horas na cidade, mas valeu a pena.

Dica:
O melhor lugar pra comprar vidro que achei em Cracovia foi a Alhena, na Plac Mariacki 1 - fica na lateral da igreja de Santa Virgem Maria. Tem copos de 1 zslot até o preço que quiser e são muito bonitos. Foi o melhor lugar que achei pra comprar copos de vodka.

Um comentário:

Michele disse...

Legal Vi, muitas aventuras na Polônia, temos vontade de conhecer.
Hoje eu saí com a minha colega da Polônia e nós estávamos conversando sobre as melhores cidades pra conhecer lá. E uma das cidades que ela citou foi Cracóvia, ela disse que a grande maioria procura Varsóvia por ser a capital, mas que ela não acha que seja o lugar mais indicado para uma primeira visita ao país.
Vc visitou vários lugares, que legal! Agora sei um pouco de cada lugar, queria muito ir nos lugares que o papa frequentava e ver as homenagens que devem existir.
Bjs