domingo, 23 de novembro de 2008

100 Posts Depois

Como esse é o meu centésimo post resolvi contar um pouco da minha experiência escrevendo o blog.

Foi no inicio que o blog desempenhou seu papel mais importante: ele me serviu de amigo. Tudo começou quando chegamos na França, queria contar pra alguem como tinho sido a mudança e não tinha pra quem, pois eramos so o Lu e eu e fizemos tudo juntos. Você pode estar pensando "por que não me ligou?". Mas sendo honesta todo mundo tem sua propria vida. Cada um tem seu trabalho, seus problemas, seus amores, suas pendencias e até seu fuso horario. Não da pra ter um amigo disponivel exatamente na hora que você precisa. Não vou ficar achando desculpa pro fato de eu ter escolhido usar o blog pra ser meu amigo. Serviu e tem servido muito bem, como um diario na adolecencia, agora não mais porque ninguem entende uma adolecente, mas porque ele estava disponivel sempre que eu quisesse.

Eu li em algum lugar que um dos fatores de sucesso do grupo de ajuda Vigilantes do Peso eram as reuniões, onde o filiado se reporta aos demais do grupo. Isso definitivamente serviria pra mim, não gosto de relatar um fracasso. Então usei o mesmo principio e fiz um pacto com o blog: um post por semana. Se não acho nada de bom pra postar e ja é sexta-feira, começo a procurar o que fazer. Pego o guia da cidade e procuro algo pra ver, zoologico, rua, shopping, qualquer coisa servira de assunto. O blog virou meu amigo vigilante.

Alguma pessoas dizem não querer chegar no final da vida sem nada de bom pra contar. Bom, eu reduzi os milestones do meu projeto de vida pra semanal. Analiso semanalmente o que produzi. Tento transmitir atraves do blog a versão mais positiva o possivel. Não quero ler algo triste, então por que escreve-lo? As vezes, e se você ler ou leu o blog todo vai confirmar isso, falho nessa meta. Acabo deixando passar um pouco da tristeza e do desanimo, mas esses posts também me ajudam. Pois algum amigo vai ler e me mandar um e-mail positivo.

Eu não recebo muitos comentarios no blog e no inicio isso me deixava desanimada, pois alem de não ter amigos na hora que eu queria pra conversar ainda não tinha amigos hora nenhuma pois ninguem lia. Então comecei a acompanhar as estatisticas do blog e vi que tinha gente lendo quase todo dia, podiam não respoder, mas pelo menos alguem estava lendo. No inicio a maioria das visitas eram buscas via google, mas hoje em dia a maioria é consulta direta no blog. Eu também não deixo de divulga-lo, no orkut e no facebook, alem de vez ou outra mandar o link por e-mail pras mais esquecidas. Eu sei que alguns pensam que quero aparecer, quando conto das viagens, mas é muito provavel que essa pessoa não me conheça 100%, porque se conhecesse saberia que pra mim compartilhar é muito importante.

Hoje, minhas semanas são mais felizes, fizemos mais amigos e minha agenda esta menos vazia. Mesmo assim ainda preciso do blog. Meu amigo vigilante é também remedio viciante. Me viciei em blogs e ja tenho 4! Reencontrei minha paixão por escrever. Se encontrar um jeito quero viver de escrever pois passo a semana segurando os dedos pra não postar uma historia diferente todo dia.

Um milhão de beijos pra você que le o blog.

4 comentários:

Michele Anjos disse...

Ai Vi, isso é a pura verdade, tem gente de tudo quanto é jeito e nem Cristo agradou a todos. Eu nem ligo pra essas pessoas que pensam que queremos aparecer por contar nossas aventuras, viagens, etc... O mais importante são as pessoas que lêem, gostam de ter notícias e ficam felizes em compartilhar esses momentos todos, porque se não fossem legais, não voltariam no blog pra ver ;-)
Eu adoro ver suas notícias.
Beijos

Erika disse...

Vi, saiba que seu blog alem de fazer bem pra vc, tb faz MUITO bem pra quem le!! Eh inspirador ler suas historias, com todo o seu jeito especial de contar as coisas e sua visao positiva da vida. Mesmo quando vc nao esta bem, serve de inspiracao pra nos! ;)

PS: quais sao esses 4 blogs? So conheco 2

Bjao!!
Erika

Vivian Teixeira disse...

Oi Erika!
Tem o tempero do mundo: http://temperosdomundo.blogspot.com/
E tem um que ainda esta em construçao q eu queria fazer mais profissional, mas como ainda não produzi nada q prestasse pra publicar ele esta vazio :-)
Obrigada pelo apoio!
bjos

Vivian Teixeira disse...

Mi, nem preciso dizer que eu amo ver suas noticias de NY, até me sinto mais perto desse paraiso :-)
Super obrigada
Bjos