segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Desintoxicação

No primeiro dia sozinha ainda não tinha me dado conta do tamanho do desafio que teria pela frente. Achei que fosse so preguiça tipica de domingo. Mas nos dois dias seguintes é que meu corpo fisicamente ficou abalado.

Um efeito cadeia se deslanchou. Primeiro o desanimo e a falta de fome, em seguida a dor de cabeça, parte por comer pouco e parte pela mudança de rotina. Então veio o sono, longas noites: 12 horas seguidas dormindo. Pra mim dormir 8 horas é sempre uma vitoria pq durme realmente pouco e sei que se passar de 8 horas na cama terei um dia ruim, simplesmente meu corpo fica pirado.

Depois veio a saudade, essa é a pior pq não tem aspirina que resolva. Quando a saudade bate você sente dor por não compartilhar coisas que a outra pessoa nem sabe que existe. Quarta fui num bar chamado Movie, o layout do lugar é a cara do Lu, mas falta as cervejas que ele gosta no cardapio. Sabado jantei feijoada e picanha, nem gosto muito de feijão preto, mas estava delicioso, acho que comi uns 3 pratos! E ainda tinha pudim, sobremesa preferida do Lu. O pior foi domingo, a tempo o Lu esta pedindo pastel e ontem jantei pastel com coxinha! Nessas horas é duro até achar assunto pq tudo que você pensa é: o Lu ia adorar! Apesar de dolorida a saudade é muito boa, pq faz amar ainda mais e querer compartilhar mais.

Ainda não achei um nome pra fase atual, estou entre tristesa e depressão, pq toda a saudade não foi embora, não foi 'resolvida'. Então a vontade que da é de sumir, desaparecer da face da terra. Talvez o melhor fosse nunca ter existido.

Logo vira' o conformismo. Eh aquela fase em que você assume de vez o controle remoto e não acha justo uma 'pessoa de fora' querer escolher o programa na tv.

Ja estou tao acostumada com minhas crises de abstinência que sei que ela vai embora, conheço as fases e ainda assim me surpreendo quando elas chegam. Acho que consigo melhorar os sintomas se mantiver minha mente ocupada com outras coisas, como trabalho e estudo. Entretanto ainda terei que dormir na nossa cama, tomar nosso cafe da manha, rir dos nossos programas de tv,... tudo sozinha.

Não sei dizer se a droga que me viciou foi o Lu ou o amor com que ele me cuida, mas sei que ele é a unica cura.

Antes do pastel assisti um jogo de Rugby nesse parque. O outono esta lindo!

3 comentários:

Erika disse...

O Lu ainda nao voltou? Ele vai demorar pra chegar ainda?
Enquanto isso, pode conversar comigo. Sei que nao eh a mesma coisa mas ajuda a passae o tempo.... ;)

Bjo,
Erika

Vivian Teixeira disse...

O Lu so volta domingo que vem!
Ta duro mesmo
Bjos

Michele Anjos disse...

Que lindo Vi! Que esse amor seja eterno, porque a saudade logo logo vai passar quando ele chegar.
Beijos e te cuida