segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Garota Enxaqueca


Sexta-feira estava super bem disposta, fomos no aniversario da Elena, uma italina muito simpatica que conhecemos atraves do Daniel. Foi uma festa sem frescura e eu adorei: vinho em copo de plastico, pratos descartaveis, casa cheia de gente diferente. Muito agradavel mesmo. No final da noite foi me dando um cansaço de começo de gripe muito chato e fomos embora.

Foi o inicio do meu final de semana de enxaqueca. Sabado acordei e com o leite tomei minha primeira neosaldina do dia. O Lu levantou tarde e ainda tinha que trabalhar então em vez de cafe da manha fiz um macarrão pra ele e junto veio a segunda neosaldina. Nada de melhorar, mas deu uma enganada. Iamos almoçar no Eduardo, ele é mineiro e tinha Tutu de feijão, então o macarrão foi so pra enrolar até o Lu acabar o serviço. No meio da tarde fomos pra casa do Eduardo e o Tutu estava maravilhoso. Comi 2 pratos de pedreiro cobertos com pimenta!

Não demorou muito pra dor de cabeça voltar, o remedio so me segurava boa por poucas horas, então voltamos pra casa e dessa vez tentei resolver com uma aspirina. Não deu certo. Depois de tantos remedios tomei um pro estomago e fui pra cama ficar no escuro que nessas horas é a melhor coisa a fazer.


Foi uma noite pessima, mas resolvi não tomar nada no domingo, então saimos de casa pra eu esquecer a minha cabeça um pouco. Fomos almoçar e tirar fotos em Rappperswil, uma cidade que fica na outra ponta do lago Zurique e que eu ja visitei outras vezes, mas nunca com o Lu.


Adorei o passeio, dai fiquei pensando "pq eu gosto tanto dessa cidade?" e tirei umas fotos dos detalhes que fazem com que eu me sinta bem la. As fotos estao distribuidas pelo post, assim vocês podem curtir Rapperswil como eu curto.


Até que enfim hoje, segunda, acordei sem dor de cabeça. Eu acho que foi muito queijo, ou algum queijo especifico, que eu comi na festa da sexta. Os queijos aqui são fortes e gordurosos. Comemos queijo em casa todo dia, mas é uma versão light. Morar na Suiça e não comer queijo é pecado.


Temos ouvido falar bastante do Brasil na TV, vimos um programa sobre a Amazonia que ficamos encantados. O apresentador, Bruce Parry, ficou 8 meses filmando na Amazonia e encarou as profissoes da floresta, como garimpeiro ilegal, peão, caçador de jacaré, pescador... Eh uma visão bem menos romantica da que a gente ve no Brasil. Até chorei ao ver matarem jacaré pra servir de isca pra pesca ilegal na venda de peixes pra Venezuela. Infelizmente não achei na web pra ver, mas pra quem mora em UK da pra assistir pelo BBC iplayer. Agora me responde, se o cara sai daqui pra ver tudo isso ai, como é que as autoridades dai não veem? Bando de bandidos, da vergonha!

Também assisti a um programa sobre cinema brasileiro, pena so falarem do Rio de Janeiro e das favelas, não posso acreditar que so tenha isso pra ser mostrado num pais tão lindo, mas é bom ver o reconhecimento dos diretores brasileiros no exterior. CNN Screening Room

Bom é isso, o post desanimado não combinou muito com as fotos, mas aproveitei mais as fotos pq Rapperswil é um charme. Ah! e não esqueçam de deixar um comentario :-)








Aqui em Zurique as igrejas mais famosas são protestantes, enquanto que em Rapperswil voce encontra bastante referencias catolicas. Essa igreja da foto é do século 13.


Foi bem divertido alimentar os bambis, eles são muito bonitinhos e tinhas crianças gritando 'little cute', muito cute!

4 comentários:

Erika disse...

Nossa Vi!! Que cidade linda!
Nao tem como nao entender pq vc gosta dela... :)

Quando vcs saem pra passear assim, vcs vao de carro? Aqui estamos pensando em nao comprar carro e alugar um quando quisermos passear.

Amei as fotos!! ;)
Super beijo!
Erika

Vivian Teixeira disse...

Pra viajar dentro da Suiça usamos os trens, pq aqui eles são eficientes e baratos. Pagamos cerca de 10 dolares cada pra ir e voltar e fica a 1 hora daqui.
Até agora quando precisamos de carro o alugamos, nem que seja por poucas horas pra fazer compra no ikea :-)
Sinto falto de carro so qdo saio a noite, pq os trens param a meia noite, dai tem que morrer uma grana em taxi...
Me sinto bem mais ecologicamente correta usando so transporte publico :-)
Bjos

Erika disse...

Aqui tudo eh mais caro que carro: trem, transporte publico, tudo! Parece um complo contra a natureza! Tudo te forca a ter carro!

Mas estamos tentando quebrar isso e nao vamos comprar carro. Estamos andando bastante de bicileta e a pe. Faz bem pra natureza e pra saude tb. :)

Obrigada pelas dicas! Estao sendo muito uteis!! ;)

Bjo,
Erika

Michele Anjos disse...

Adorei o post, fica tão lindo né Vi? E nessa época fica fofo, pq ainda tem folhas, então fica uma combinação de neve e árvores com vida, digo com folhas coloridas...

Eu tb sofro de enxaqueca, ainda bem que não tem sido frequente como era no Brasil. Pra falar a verdade trouxe uma caixa de neosaldina comigo pq sou alérgica a aspirina e em 9 meses ainda não acabou, graças a Deus.

Bjs